Tecnologia do Blogger.

Meu Primeiro Positivo

Faz muito tempo que eu não apareço por aqui, tive vários motivos para isso, mas eu quero muito voltar a ativa e deixar meu blog atualizado, principalmente agora.

Tenho endometriose profunda, vou fazer um post depois sobre isso, mas um dos sintomas dessa doença é a INFERTILIDADE. Nenhum médico disse que sou infértil, mas já deixaram claro que minhas chances de engravidar naturalmente são quase zero. No dia que recebi essa notícia, passei a tarde inteira chorando, porque o meu sonho sempre foi o de ser mãe. Tentamos engravidar por 1 ano, tomei remédios, fiz vários exames (chatos, incômodos e doloridos), fiz dois exames de sangue Beta HCG e não sei quantas vezes fiz teste de farmácia, na esperança do tão sonhado positivo. Um ano depois decidimos entender, saber e conhecer sobre o método de fertilização in vitro, (indicado para mim pela minha ginecologista). Fomos em algumas clínicas de fertilização em São Paulo e depois de muito pensar, decidimos fazer no Instituto Ideia Fértil, em Santo André/SP. Passamos nas consultas e chegamos a fazer alguns exames, pagaríamos R$12.000,00 para fazer a fertilização e já tínhamos sido avisados que as chances de conseguir engravidar nessa primeira vez seria de 40%. Como realmente ter filhos é o que queremos, decidimos arriscar e começamos a economizar o dinheiro. Nesse meio tempo descobri outros problemas de saúde (que já comecei a contar aqui), fui internada e o sonho de ser mãe teve que ser adiado. Depois de muito conversar com especialistas, foi-me sugerido que eu esperasse pelo menos um ano para fazer o tratamento de fertilização. Com 8 meses precisei ser internada novamente e mais uma vez ouvi dos médicos que o meu sonho de ser mãe, teria que ser deixado para depois. Mesmo fazendo uma fertilização in vitro, minha gravidez e parto seriam de alto risco e eu precisaria  estar bem de saúde, o que não era o caso naquela época.
Durante todos esses anos, e foram 3, eu chorei muito, ficava arrasada, triste e não conseguia entender por que tantas mulheres engravidavam sem querer, sem nem gostar da ideia de ter um filho, e eu, que queria tanto, não conseguia. Passei por todas as fases que todas mulheres na minha situação passam: raiva, negação, tristeza, depressão... Comecei a passar por um período que todas as minhas amigas engravidavam e eu não, algumas já estavam tendo o segundo filho e eu ainda sem conseguir ter o meu primeiro. Tive muito apoio da minha família, de algumas amigas e principalmente do meu marido e da minha mãe. Foram eles que me ouviram chorar, desabafar e foram eles que me consolaram.
ADOÇÃO já tinha sido assunto no nosso primeiro ano de casados, porque eu já casei sabendo da doença e das dificuldades que nós teríamos. Já havíamos decidido que se conseguíssemos engravidar de um filho e depois tivéssemos dificuldades para ter mais filhos, adotaríamos. Meu marido voltou a falar sobre ADOÇÃO mas isso, NAQUELE MOMENTO, não era uma opção para mim. Na minha cabeça, se eu pensasse em adotar, estaria assinando um ATESTADO de INFERTILIDADE. Se eu pensasse em adoção, isso seria a prova que eu realmente jamais ficaria grávida, que nunca passaria por essa fase da vida de uma mulher.  Sem contar que eu não tinha muito conhecimento sobre a adoção e isso me fazia ter um certo receio, alguns medos e tudo isso me deixava muito confusa. Todos esses meus pensamentos foram mudando aos poucos, porque tudo o que eu mais queria era ser mãe.
Com muita conversa e oração, um certo domingo em dezembro de 2014 falei com o Orlando que estava pronta e queria no dia seguinte ir ao fórum da cidade e dar entrada nos papéis para a adoção. Mal consegui dormir à noite, de tanta ansiedade, de vontade de começar logo!
Segunda pela manhã, fomos ao fórum e tivemos a orientação que precisávamos para saber como começar. O processo todo durou quase um ano, o que para nós durou uma eternidade (em um outro post eu vou falar do passo a passo).
Dia 05 de Novembro de 2015 jamais será esquecido por mim. Estava em casa, preparando a aula que daria no dia seguinte e ouço alguém me chamar, era uma mulher. Ela disse meu nome inteiro e falou que era do fórum e que tinha uma intimação. No primeiro instante, eu levei susto, intimação? E depois ela disse que eu deveria compararecer no fórum com meu marido no dia seguinte para assinarmos e recebermos nossa CERTIDÃO DE HABILITAÇÃO PARA ADOÇÃO, a juíza aprovou nosso pedido! Vocês não conseguem imaginar o tamanho da minha alegria!! Assim que entrei em casa e li o mandado eu comecei a chorar! Foi um choro de FELICIDADE!
Aquela folha branca A4 que eu estava segurando era o meu tão sonhado teste de farmácia POSITIVO. Estou grávida, me sinto grávida, posso dizer que finalmente sou uma futura mamãe... minha gestação não será dentro da minha barriga, minha gestação é DENTRO DO MEU CORAÇÃO! Estou gerando esse filho com muito amor, em breve receberemos em nosso lar o NOSSO TÃO SONHADO FILHO(A). Já oro por ele, peço por ele, que ele seja cuidado e protegido até chegar em nossa família!
Vencemos a primeira etapa, sabemos que a segunda também não será fácil, teremos que ter paciência e controle para não ficarmos muito ansiosos, sabemos que a espera poderá ser longa, mas isso não importa. O que importa é que em algum lugar tem uma criança sendo preparada e guiada para chegar até nós!







"Procriar é uma condição biológica dada pela natureza; criar é uma responsabilidade  no âmbito da ética entre os homens. Procriar é um momento, criar é um processo. Procriar é fisiológico, criar é afetivo."

18 comentários:

  1. Patricia há vários casos que depois de adidas uma criança e a mãe engravida. Meus parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Já chorei de novo <3
    Adoção é um ato de amor Patty. Parabéns :)

    ResponderExcluir
  3. Nossa q lindo o ato de vcs!!!
    Que Deus proteja vcs e sua família!!!
    Que ela cresça cheia de amor e esperança!!!
    Bjossssssssssss prima!!!

    ResponderExcluir
  4. Patty , fiquei muito emocionada com esse post.
    Já amo meu sobrinho.
    Essa criança será a mais sortuda do mundo por ter vc como mãe, vc já o ama antes msm de conhecê-lo(a).
    Sei que vira no momento certo !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nanda, muito obrigada viu? E com certeza seu sobrinho vai amar essa tia maluquinha dele! haha

      Excluir
  5. Parabéns Paty, estou muito feliz por vcs!!
    Desejo tudo de bom pra vc e pra sua família q está aumentando!!
    Q Deus continue abençoando todas as coisas!
    Abraço

    Thamiris Gavazi

    ResponderExcluir
  6. Mais uma vez quero dizer que fiquei muito feliz por vocês e emocionada com este post Que o Senhor vos abençoe Amo vocês bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Paula, minha querida, muito obrigada, viu?? Beijoo

      Excluir
  7. Post emocionante! Certamente Deus está preparando o melhor pra vocês... Não importa o tempo que levará essa "gestação", o importante é o amor que já nasceu dentro de você por esse filho...
    Torcendo para a espera ser breve...
    Beijos

    www.casadissima.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mônica, muito obrigada! Verdade, não importa o tempo, virá na hora certa!

      Excluir

By Iâni Naíra